Logística reversa: Gilberto Ribeiro quer destinação para óleos e gorduras vegetais

oleos vegetaisAssessoria – O deputado estadual Gilberto Ribeiro (PRB) apresentou Projeto de Lei na Assembleia Legislativa do Paraná, em que regulamenta a logística reversa de óleos e gorduras vegetais. Neste projeto estão diretrizes para que fabricantes, importadores, distribuidores e comerciantes estruturem e implementem a recolha de óleos vegetais após o uso por consumidores.

O projeto detalha que a logística reversa é um instrumento de desenvolvimento econômico e social, caracterizado por um conjunto de ações, procedimentos e meios, destinados a viabilizar a coleta e a restituição dos resíduos sólidos ao setor empresarial, para reaproveitamento, em seu ciclo, ou em outros ciclos produtivos, ou outra destinação final ambientalmente adequada.

Segundo o deputado Gilberto Ribeiro, o objetivo do projeto é o de instituir a responsabilidade das empresas que fabricam, importam, distribuem e comercializam óleos para uso culinário, com o intuito de promover um sistema de logística reversa, visando a recolha das sobras destes produtos para a devida reciclagem e tratamento adequado.

Ainda, segundo o projeto, a ideia é conferir um tratamento adequado aos óleos e gorduras de origem vegetal e animal, através de um sistema que se sobressai, que é o da logística reversa que, de uma forma geral, é um processo que pode ser dividido em várias etapas, como: compra, venda e devolução de mercadoria por motivo de desistência ou defeito e, finalmente, se preocupa com o destino de um produto ao final de sua vida útil. A preocupação da logística reversa é fazer com que esse material, sem condições de ser reutilizado, retorne ao seu ciclo produtivo ou para o de outra indústria como insumo, evitando uma nova busca por recursos na natureza e permitindo um descarte ambientalmente correto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *